quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Feliz 2012!


Venho desejar um excelente 2012, que entrem com o pé direito para um novo ano que esperamos chegar cheio de saúde, alegria, amor, amizade, compreensão e afectos, entre muitas outras coisas positivas.
Votos de um Feliz 2012 para todos/as e suas famílias!
Este semana tenho estado de descanso na minha cozinha e apenas passo aqui neste cantinho para me manter informada e descobrir novas cozinhas.

Um beijinho!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal!


Desejo a todos os que me visitam e me seguem um Feliz Natal cheio de saúde, alegria, amor e claro, com algumas prendinhas, junto das vossas famílias.
Boas Aventuras na Cozinha!
Boas Festas!!!

Prendinhas de Natal


Este ano optei por fazer estas lembranças para as minhas colegas de trabalho. O Natal é uma época de gastos supérfluos, quando podemos opter por dar algo personalizado e caseiro, concerteza haverá quem dê mais valor a presentes assim. 
Estas foram garrafinhas de Licor de Canela e Bolachinhas de Manteiga, quem já recebeu adorou. É reconfortante vermos que a pessoa realmente gostou do que recebeu e que afinal não é mais uma coisa para ficar a um canto da casa, porque afinal até nem gosta ou não vai utilizar muito.
A garrafa maior foi para um almoço de Natal com troca de prendas e, já preparei mais umas para outras prendas da família.



quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Licor de Canela


aqui tinha falado deste licor, mas como foi a primeira vez que o estava a fazer, houve algumas alterações.

Ingredientes:
1 l. de Aguardente
10 paus de Canela
1 l. Água
1 kg. de Açúcar
1 garrafa de vidro escuro

Confecção:
Coloca-se na garrafa de vidro a aguardente e os paus de canela. Guarda-se em local escuro durante 30 dias.
Passados os 30 dias, ferver a água e o açúcar até fazer calda. Deixar arrefecer e juntar à aguardente que já deverá ter cor castanha.
Coar em filtro de papel ou pano.
Engarrafe. É aconselhável aguarde mais 30 dias, no entanto, poderá começar a consumi-lo antes dessa data.

Se desejar um sabor mais intenso a canela, poderá colocar um pau de canela na garrafa. Intensifica o sabor e decora a garrafa.

Este licor vai fazer parte de algumas prendas de Natal. Depois deixo aqui o registo.

Salsichas Frescas Brasileiras enroladas em Couve Lombarda

Olá a todas! 
Antes de mais peço desculpa pela minha ausência... mas as compras de Natal para a mesa, assim como os presentes (que este ano será só uma coisinha simbólica por pessoa) e alguns serão feitos por mim, não me têm deixado muito tempo para vir aqui, com muita pena minha.
Mas lá consegui umas fotos destas salsichas que foram o almoço de domingo.


Ingredientes:
1 Embalagem de Salsichas Frescas Brasileiras (7 u.)
10 folhas de Couve Lombarda
1 Cebola
2 dentes de Alho
1 folha de Louro
2 c. sopa de Polpa Tomate
1 cubo Caldo de Carne Knorr
Mistura 5 Pimentas
2 dl. Vinho Branco
Arroz
Azeite
Sal

Confecção:
Comece por escaldar as folhas da couve em água a ferver até ficarem maleáveis de forma a permitirem enrolar nas salsichas. Reserve a água.
Enrole uma folha em cada salsicha e prenda com palitos. Eram 7 salsichas e pequenas, por isso uma folha de couve bastou.
Pique na picadora a cebola e os dentes de alho e coloque num tacho juntamente com o azeite, a polpa de tomate, a folha de louro, a pimenta e deixe refugar um pouco. Retire cerca de 2 c. de sopa deste refogado para um outro tacho onde fará o arroz.
Coloque as salsichas já enroladas na couve e adicione um pouco da água onde escaldou a couve, o caldo knorr, o vinho branco e se necessário, sal. Deixe cozer em lume brando.

No outro tacho, junte mais um pouco de azeite ao refogado, coloque o arroz e frite, mexendo sempre. Junte um pouco da água que reservou da couve, o sal e deixe cozer o arroz. Antes de estar completamente cozido junte as 3 folhas de couve cortadas em juliana. Se gostar da couve mais bem cozida poderá juntá-las ao mesmo tempo da água.


Bom apetite!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Lulas Recheadas com Farinheira


Tinha umas lulas no congelador, que a minha irmã me tinha dado, à espera de que eu olhasse para elas com outros olhos, olhos de quem sabe bem o que vai fazer com elas. E assim foi, chegou o dia em que foram as protagonistas na minha cozinha!
E com o recheio que sobrou ainda deu para fazer um petisco!
Obrigada pelas lulas, mana!

Ingredientes:
5 Lulas médias
1 Farinheira
1 Alho Francês
1 Cenoura grande
2 Cebolas
4 dentes de Alho
2 c. sopa de Margarina Vaqueiro
2 c. sopa de Polpa Tomate
Azeite
Vinho Branco
Pimenta Branca
Alecrim
Salsa
Sal

Recheio
Confecção:
Picar 1 cebola, 2 dentes de alho e refogar na margarina. Limpar as cabeças das lulas, separar os tentáculos e juntar ao refogado. Deixar cozinhar um pouco, se necessário adicionar um pouco de vinho branco.


Ralar a cenoura, cortar o alho francês em fatias (reserve um pouco de cada um destes ingredientes para o molho), tirar a pele à farinheira e cortá-la para se desfazer facilmente.
Adicionar ao refogado os legumes e a farinheira.


Juntar mais um pouco de vinho para não secar demasiado e para ligar os ingredientes todos.
Não juntei sal nenhum ao recheio pelo facto de ter a margarina e a farinheira.

Recheiam-se as lulas previamente limpas e sem pele e fecha-se a abertura com um palito.
Não encher demasiado a lula pois, inevitavelmente, irá encolher um pouco ao cozinhar.

Molho
Confecção:
Picar a outra cebola e os 2 dentes de alho e refogar num pouco de azeite. Juntar a polpa de tomate, os legumes reservados e pimenta.


Deixar refogar mais um pouco. Adicionar cerca de 1 copo de vinho branco, o alecrim e juntar as lulas recheadas. Tapar o tacho e deixar cozinhar entre 40 a 50 minutos em lume brando, mexendo de vez em quando para o molho não queimar no fundo do tacho.
Se necessário junte mais vinho ou água ao molho para dar tempo às lulas cozerem e ficarem macias.


Rectificar temperos.
Só coloquei um pouquinho de sal no início, pois a farinheira acabou por ajudar a temperar o molho e dar-lhe alguma cremosidade.

Cozi umas batatinhas para acompanhar e depois foi só polvilhar com salsa picada.



O recheio que sobrou coloquei numa frigideira, fitei ligeiramente e juntei-lhe dois ovos batidos. E pronto, ainda deu para um petisco diferente, mas nada se estraga.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Frango com Legumes aromatizado com Gengibre, Caril, Cominhos e Canela


Este prato foi feito especialmente para o maridinho. Tem Gengibre fresco e Caril que ele adora, mas confesso que até eu que não gosto muito destes 2 ingredientes, quando provei gostei da junção de todas estas especiarias.

Serve 1 Pessoa
Ingredientes:
1 Perna de Frango (que era grande)
Bróculos
1 Cenoura
1 Batata
Bacon
Azeite
1 c. sopa de Polpa de tomate
1 c. sopa de massa de Alho
Gengibre fresco
1 c. chá de Caril
1 c. café de Cominhos
1 c. de chá de Canela
Sal



Confecção:
Num tacho coloca-se o azeite, a polpa de tomate, a massa de alho, o bacon, 1 fatia de gengibre, um pouco de canela, cominhos e caril e deixa-se fritar ligeiramente. Junta-se a perna de frango para fritar um pouco a pele.
Adiciona-se água (cerca de 1 copo) para cozer a carne, mais 2 fatias de gengibre e tempera-se de sal.
Quando a carne estiver cozida, adicionam-se os bróculos, a batata já descascada e cortada em cubos e a cenoura descascada e cortada em lâminas. Adicionar mais água se necessário, mas não exageradamente, apenas para cozinhar os legumes e ficar com um pouco de molho.
Deixam-se cozinhar os legumes e rectificam-se temperos.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Bôla Rápida



Olá!!
Depois de alguns dias desaparecida, voltei com esta Bola Rápida, que é mesmo rápida e fica bem boa. A receita encontrei no blog Paladares aos Molhos e andava ansiosa para experimentar e o meu marido ansioso também, pois adora bôlas e enchidos.
Fiz apenas algumas alterações à receita original.

Ingredientes:
3 Ovos
2 chávenas de chá de Farinha
1 chávena de chá de Leite
1 chávena de chá de Óleo
1 embalagem de "Petisco Misto de Porco Preto"
Presunto
Bacon
Noz Moscada
Pimenta
Sal

Confecção:
Batem-se os ovos com a farinha, o óleo (não enchi a chávena) e o leite. Tempera-se com sal, pimenta e noz moscada. Retira-se a pele ao petisco misto (2 linguiças, 2 morcelas e 2 farinheiras) e cortam-se em rodelas. Corta-se o presunto e o bacon em cubos pequenos.
Misturam-se os enchidos à massa.
Unta-se um tabuleiro de loiça de ir ao forno e coloca-se a massa.
Vai ao forno pré-aquecido a 180º a cozer, por +/- 25 minutos, dependendo do forno.



Este foi o Petisco Misto de Porco Preto.


Comprei no Continente e inclui 2 linguiças, 2 morcelas e 2 farinheiras. Deu um gosto maravilhoso à bôla.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Rojões de Porco com Arroz de Açafrão e Nozes


Pode haver quem diga que não é rojões e talvez até tenha razão, mas eu fico muito contente com estes rojões sem Tripa Enfarinhada.

Ingredientes:
Carne Porco
7 dentes de Alho
1 c. sopa de Massa de Pimentão
2 c. de chá de Cominhos moídos
Vinho Branco
Mistura de Pimentas moída
Azeite
2 folhas de Louro
Salsa
Sal

Confecção:
Num tacho colocam-se os dentes de alho cortados grosseiramente, o azeite, a massa de pimentão, o louro, a carne e uma pitada de sal (muito pouco porque a massa de pimentão, neste caso, é temperada e uma vez que também levará vinho branco vai intensificar o sal).
Deixa-se fritar um pouco e adiciona-se o vinho branco até tapar a carne e deixa-se ferver com o tacho tapado.
Juntam-se os cominhos e a pimenta e deixa-se evaporar a maior parte do vinho. Adiciona-se a salsa picada e está pronto a servir.

Nota: Normalmente tempero a carne umas horas antes com o vinho, os alhos e o louro. Depois ao cozinhar aproveito o vinho do tempero.
Mas desta vez não houve muito tempo.

 

Para o Arroz:
Ingredientes:
Arroz
Caldo de Carne
Vinho Branco
Nozes
Açafrão
Azeite
Sal

Confecção:
Frita-se o arroz no azeite, adiciona-se um pouco de vinho branco deixando evaporar e junta-se o caldo de carne até tapar o arroz.
Quando estiver quase cozido verifica-se se é necessário sal, adiciona-se o açafrão. Deixa-se secar e juntam-se as nozes picadas.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Hambúrgueres com Maionese caseira, Cebolada com Tomate Cherry acompanhados com Batata a murro e Ovo estrelado - Hambúrgueres à 1 de Dezembro


O nome não podia ser maior. Na passada quinta-feira (1 de Dezembro) foi dia de fazer a Árvore de Natal e decorar a casa, o que significa que o tempo passa a voar e quando dei conta já eram 3 da tarde e a pergunta surge "Ups... Que faço para o almoço?". Fui à arca e o que ocorreu foi hambúrgueres. À medida que fui pegando nos ingredientes foram surgindo no meu pensamento outros que poderia adicionar. O resultado? Bem, o resultado foi este.

Para começar, colocam-se as batatas a assar na Actifry durante 20 min. apenas com sal grosso.

Maionese
Ingredientes:
1 Ovo
1 c. café de vinagre
1 c. de café de Mostarda
1 pitada de sal fino
Óleo Becel

Preparação:
Coloquei todos os ingredientes, excepto o óleo, no robot de cozinha com as lâminas de mistura e assim que liguei comecei a deitar pelo pequeno orifício da tampa o óleo em fio até se obter um creme espesso. Parar o robot, rectificar sal (se necessário) e colocar no frigorífico até à hora de servir.

Hambúrgueres e a Cebolada com Tomate Cherry
Ingredientes:
4 hambúrgueres
1 cebola
Tomate cherry
1 c. Sopa de Alcaparras
Sumo de Limão
Mistura de Pimentas Moída
Azeite
1 c. Sopa Margarina
Sal

Confecção:
Numa frigideira fritar os hambúrgueres num pouco de azeite temperados com sal e pimenta. Reservar num recipiente que os mantenha quentes.
Na mesma frigideira colocar a margarina, a cebola laminada. Quando esta estiver translúcida adicionar os tomates cherry, alguns cortados ao meio e os restantes inteiros. Mexer de vez em quando e, quando a pele do tomate começar a ficar rugosa, com um garfo esborrachar ligeiramente os inteiros até libertarem um pouco do seu suco. Adicionar as alcaparras e algumas gotas de limão. Temperar com sal (se necessário) e com pimenta.

No fim, estrelam-se 2 ovos num pouco de margarina.

A montagem do prato foi simples. Um hambúrguer, um pouco de maionese, um pouco da cebolada, o outro hambúrguer, mais maionese e terminei com cebolada. A acompanhar as batatas já com o murro e o ovo estrelado.



No fim de degustarmos este hambúrguer que concerteza vou voltar a repetir, perguntei ao meu marido se tinha um nome para a minha inovação, que sugeriu Hambúrguer à 1 de Dezembro, dia em que foi inventado.

Bolachinhas de Manteiga aromatizados com Cardamomo


Aqui estão as minhas primeiras bolachinhas com o dispára-biscoitos, no feriado de 1 de Dezembro. A receita foi do livrinho de receitas para o dispára-biscoitos, que a Luísa Alexandra enviou com o mesmo e, que também tem na sua página.
A receita da Luísa é feita na Bimby, mas eu fiz "Bimbmanualmente" (que linda palavra) e troquei o gengibre pelo cadamomo.

Eu fiz assim:
Ingredientes:
200 gr. de Margarina
50 gr. de Manteiga
200 gr. de Açúcar
440 gr. de Farinha
1 Ovo
1 c. de chá de Fermento
1 c. de chá de Cardamomo moído

Confecção:
Misturar a margarina, a manteiga, o açúcar e o ovo com a batedeira com as varas de massa, juntar a farinha com o fermento e o cardamomo. Misturar bem. Por fim, moldar a massa com as mãos.
Colocar a massa no dispára-biscoitos e disparar os biscoitos sobre o tabuleiro com tapete de silicone.
Levar ao forno quente a 180º por 12 a 15 min. Depende do forno, no meu bastou 12 min, para estarem douradinhas.
Colocar sobre uma grelha para arrefecerem.

E que boas ficaram.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sopa de Feijão Manteiga com Nabiça sem Batata

Sopa tem que haver sempre em casa e, por norma evito muito a batata. Mas esta sopa ficou deliciosa sem uma única batata! As estrelas desta sopa foram o xuxu, a courgete e o feijão e, tiveram um desempenho muito positivo!

Ingredientes:
2 Xuxus
1 Courgete
2 Cenouras
1 Alho Francês
1 Nabo
1 Cebola
3 dentes de Alho
1 lata pequena de Feijão Manteiga
1 molho de Nabiça
Água
Coentros
Azeite
Sal

Confecção:
Arranjar e cortar em bocados pequenos, os xuxus, a courgete, as cenouras, o alho francês, o nabo, a cebola, os dentes de alho e colocar metade da lata de feijão tudo dentro da panela, com água e um pouco de sal. Levar ao lume até os legumes estarem bem cozinhados para depois reduzir a creme.
Entretanto lavam-se e escolhem-se as nabiças, cortam-se as folhas e coloca-se de molho em água para soltar todas as impurezas que as folhas possam ter.
Depois de os legumes estarem bem cozidos, reduzir a creme com a varinha mágica, adicionar as nabiças escorridas e o restante feijão e deixar ferver mais um pouco até as nabiças estarem cozidas.
Rectificar o sal, desligar o lume e por fim colocar coentros picados  e um fio de azeite.
Pronta a servir!


A minha encomenda

Esta foi a minha encomenda feita à Luísa Alexandra, que chegou ontem. Fiquei 'enamorada' pelo dispára-biscoitos e os tapetes de silicone, quando vi a receita de Biscoitos de Manteiga aromatizados com Gengibre, onde tinha uns vídeos que mostravam a facilidade de o utilizar e o quanto um tapete de silicone nos pode facilitar, nem que seja só pelo facto de pouparmos tempo a untar tabuleiros.
Encomendei um tapete de silicone, um dispára-biscoitos que veio com algumas receitas da Luísa e, o Cardamomo moído, tudo coisas que estou ansiosa para experimentar... e vai ser já no feriado de 1 de Dezembro. Depois venho partilhar a experiência!
Obrigada Luísa pela tua rapidez e disponiblidade!


sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Ervilhas com ovos escalfados


De vez em quando apetece-me este prato leve, prático e bem saboroso. Sabem quando se acorda de manhã e nos vem à cabeça algo que nos está mesmo a apetecer fazer e comer... pois foi este o caso, independentemente do que tinha destinado para fazer teve que ser obrigatoriamente adiado e lá fui eu de propósito comprar ervilhas (por acaso não tinha em casa).
Em criança eu não gostava nada quando a minha mãe fazia este prato em casa, porquê? Porque só tinha ervilhas e ovos e eu até nem gostava muito de ervilhas quanto mais não ter carne, a não ser o chouriço. Provavelmente birra de criança, o que é certo é que agora gosto.

Ingredientes:
Ervilhas
Ovos
Bacon
Chouriço
Cebola
2 dentes de Alho
Pimenta
Mistura de Coentros e Alho Espiga
Hortelã
Azeite
Água
Sal

Confecção:
Refoga-se ligeiramente a cebola picada e os dentes de alho esmagados em azeite, junta-se um pouco de pimenta de moinho, o chouriço e o bacon laminados deixando-se fritarem um pouco.
Adiciona-se as ervilhas e um pouco de água para cozer as mesmas.
Coloca-se o sal (eu juntei muito pouco porque o chouriço e o bacon libertaram algum sal), a mistura de coentros e alho e um pouquinho de hortelã.
Quando as ervilhas já estiverem cozidas, rectifica-se temperos e a quantidade de molho para que se possa escalfar os ovos. Junta-se os ovos e tapa-se o tacho para que cozam (cá em casa a gema pode ficar mal cozida).


Et voilá, é só por no prato.
Bom apetite!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Bolo de Bolacha com natas aromatizadas a café


Este é um bolo de bolacha que nada tem a ver com o típico bolo de bolacha que leva aquele creme de manteiga, que até pode estar muito bem batido, mas que me deixa enjoada ainda nem a meio da fatia. Pronto, não gosto mesmo de creme de manteiga!
Por isso criei o meu próprio bolo de bolacha, bem aromatizado a café!
A minha receita inicial era com natas e mousse de chocolate em camadas alternadas, mas sofreu algumas alterações e definitivamente acho que esta é a eleita em casa!

Esta receita foi elaborada com adoçante para o meu marido, mas claro que pode ser feita com açúcar.

Ingredientes:
2 pacotes de Bolacha Maria Gullon (sem adição de açúcar)
3 pacotes Natas Mimosa 600 ml
5 folhas de Gelatina
8 a 10 c. sopa de Adoçante em pó
2 cafés expresso
Café solúvel - Nescafé Clássico q.b.

Confecção:
Coloque as folhas de gelatina de molho em água fria.
Bata as natas com o adoçante até obter um chantily firme e reserve no frigorífico.
Tire 2 cafés expresso (os meus foram Nespresso) e dissolva as folhas de gelatina nos mesmos. Deixe arrefecer e junte ao chantily incorporando bem.
Prepare o café solúvel em água bem quente e suficiente para a quantidade de bolachas a utilizar.
Numa forma redonda de laterais removíveis, comece por colocar no fundo um pouco do chantily e uma camada de bolacha embebida no café. Repita estas duas etapas até acabarem as bolachas e o chantily.
Leve ao frigorífico algumas horas.
Abra e retire a forma e polvilhe com bolacha triturada.
E está pronto a servir.


Bom apetite!

Atum em cama de Xuxu polvilhado com castanhas


Hoje trago um prato de peixe bem simples.

Ingredientes:
1 Atum
2 Xuxus
Espinafres
Castanhas cozidas +/- 6 picadas
Mistura de Coentros e Alho Espiga
Alho moído
Tomilho
Pimenta
Pimentão doce
Azeite
Sal

Confecção:
Fazer 4 filetes do atum (como eram muito grandes cortei-os ao meio resultando em 8 filetes), temperar com sal e reservar.
Retirar a casca aos xuxus, cortar em fatias ao longo do comprimento e colocar 8 dessas fatias no fundo de um tabuleiro de vidro ou cerâmica.
Por cima de cada fatia de xuxu colocar algumas folhas de espinafres e polvilhar com alho moído, sal e pimenta. Colocar os filetes de atum e temperar com a mistura de coentros e alho, tomilho, pimenta e pimentão doce (muito pouco).
Para finalizar, coloque 2 fatias pequenas de xuxu por cima do atum, as castanhas picadas e regue com azeite.



Levar ao forno a 180º até cozinhar o atum, não deixando cozer demais para não ficar seco. Eu normalmente coloco de início um folha de alúminio por cima para cozinhar primeiro e depois retiro e deixo uns breves minutos até corar.



Bom apetite!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Almôndegas com cogumelos e ovo escalfado aromatizadas com Tomilho-Limão


Esta é daquelas refeições que é para ser uma coisa e sai outra... mas muito melhor.
Descongelei uns hambúrgueres, mas não era bem o que estava a apetecer, por isso fiz com que renascessem, mas em formato almôndegas.

Ingredientes:
4 Hambúrgueres
Cogumelos frescos
1 lata de Tomate pelado
Polpa de Tomate
1 Cebola
Azeite
Mistura de 5 Pimentas
Mistura de Coentros e Alho Espiga
2 raminhos de Tomilho-Limão
Orégãos
Açafrão em pó
Alho moído
3 Ovos
Sal

Confecção:
Comece por desfazer os hambúrgueres numa taça, junte um pouco de pimenta, mistura de coentros e alho, açafrão, alho moído, 1 ovo e amasse tudo muito bem. Forme em bolinhas e reserve.


Lave os cogumelos frescos e corte em quarto partes, reservando também para escorrer alguma água.
Num tacho coloque o azeite, a cebola picada graúda, o tomate pelado picado, o sal, pimenta e deixe refogar um pouco.
Junte as almôndegas ao refogado tendo o cuidado de não ficarem juntas, tape o tacho e deixe cozer um pouco a carne.


Adicione os cogumelos e deixe ferver um pouco com a água que estes libertarem. Nesta altura coloquei um dos raminhos do tomilho-limão (que cheirinho maravilhoso... tinha acabado de comprar um vasinho no Lidl, que esta 5ª feira tinha muitas ervas aromáticas em vaso).


Junte a polpa de tomate, os orégãos e deixe ferver com o tacho tapado.
Rectifique temperos e adicione o outro raminho de tomilho-limão.
Por fim, afaste algumas almôndegas e coloque 2 ovos a escalfar no molho de tomate.
Acompanhado com um arroz branco, o resultado foi este.



Entre todos estes passos, deu para começar a fazer Licor de Canela para algumas lembranças de Natal.
Aqui fica o primeiro registo.

1 litro de aguardente, 4 paus de canela, 1 garrafa de vidro escuro e guardar por 8 dias em local escuro.
Daqui a 8 dias volto com a parte final da receita e o primeiro resultado.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Bolo de Chocolate com Recheio de Côco - Bolo de Aniversário

Como prometido, cá estou novamente, agora com a receita do Bolo de Aniversário. A receita do Bolo de Chocolate foi retirada da revista Mulher Moderna na Cozinha - Especial Diabetes do Ano 2009.


Bolo de Chocolate
Ingredientes:
6 Ovos
1 dl. Leite magro
1 dl. Azeite
40 gr. Adoçante em pó de culinária
30 gr. de Cacau magro
150 gr. de Farinha
1 c. chá Fermento em pó

Ligue o Forno a 180º.
Forre o fundo de uma forma redonda com papel vegetal untado com azeite  e polvilhe com farinha.
Misture as Gemas com o Leite, o Azeite, o Adoçante, o Cacau, a Farinha e o Fermento. Mexa bem.
À parte bata as Claras em castelo e envolva-as delicadamente, na massa.
Coloque na forma e leve ao forno a cozer durante 30 minutos.

Nota: Para fazer os 2 andares foram feitas 4 receitas desta massa, ou seja, 4 bolos.

Recheio de Côco
Ingredientes:
200 gr. Côco ralado
Leite de côco
6 dl. Leite
5 Gemas
40 gr. Adoçante em pó de culinária
2 c. sopa de Maizena
3 gotas de essência de Baunilha

Num tacho aqueci o leite ligeiramente, com a baunilha.
À parte misturei bem o Adoçante com a Maizena, as Gemas e o Côco.
Retirei o leite do lume e adicionei o preparado de côco mexendo muito bem. Levei novamente ao lume mexendo sempre até engrossar.
Se necessário, adicione mais leite ou maizena conforme a consistência que pretender.
Retirei do lume e deixei arrefecer.


Montagem e decoração do bolo:
4 Bolos de chocolate
Recheio de Côco
4 pacotes Natas frescas Mimosa (800 ml)
Adoçante em pó
Framboesas
Physalis
Decorações de chocolate

Bati as Natas com o Adoçante e reservei no frigorífico.
Entre cada bolo coloquei o recheio de côco. Os 2 últimos bolos (superiores) foram cortados em forma quadrada.
Barrei todo o bolo com as natas e decorei com Physalis, Framboesas e as decorações de Chocolate.

As decorações de chocolate foram feitas no dia anterior, com Chocolate de Culinária Sem Açúcar. Derreti ligeiramente o chocolate e fiz em forma de grelhas e o "Parabéns Nuno" sobre papel vegetal levando de seguida ao frigorífico.


Conclusão... o bolo atingiu +/- 3 kg.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Empada de Frango

Esta também foi feita para a festa de aniversário e estive quase a ficar sem foto... mas ainda fui a tempo.


Empada de Frango

Ingredientes:
2 Placas de Massa quebrada
1 Frango
Água da cozedura das carnes
1 Chouriço
1 Cebola
2 dentes de Alho
Azeite
1 folha de Louro
Farinha q.b.
Salsa picada
Tomilho
Pimenta
Sal
1 gema de Ovo

Confecção:
Cozer o Frango juntamente com o Chouriço e reservar um pouco da água.
Desfiar o frango, tirar a pele ao chouriço e cortar em cubos.
Fazer um refogado com o Azeite, a Cebola, os Alhos e o Louro. Juntar o frango desfiado, o chouriço já cortado, Tomilho, Pimenta e um pouco de Sal. Deixar refogar 1 minuto e juntar um pouco da Água das carnes. Polvilhar com Farinha e envolver bem.
Deixar apurar, rectificar o sal e a pimenta e, juntar um pouco de Salsa. Deixar arrefecer. Coloca-se uma parte da massa quebrada no fundo da tarteira, o recheio do frango e depois é só cobrir com a restante massa, apertando nas extremidades.
Pincelar com a gema do Ovo batido.
Levar ao forno pré-aquecido a 180º até dourar.



Quiche de Bacon

Esta foi uma quiche que fiz para a festa de aniversário do meu marido.
Estava deliciosamente boa.


Quiche de bacon

Ingredientes:
1 Massa quebrada
Bacon em tirinhas
1 Alho francês
1 lata pequena de Cogumelos laminados
2 c. sopa de Alcaparras
200 ml. Creme Culinário Vaqueiro
5 ovos
Alho moído
Pimenta branca
Noz moscada
Sal

Confecção:
Frita-se ligeiramente o Bacon numa frigideira até ficar um pouco dourado e libertar alguma gordura. Junta-se o Alho francês laminado, os Cogumelos, as Alcaparras e um pouco de alho moído. Quando o alho francês amolecer, está pronto para desligar o lume.
Entretanto junta-se o Creme Culinário aos Ovos, Pimenta branca, Noz moscada e Sal fino q.b e, bate-se um pouco.
Numa tarteira coloca-se a massa quebrada (eu costumo aproveitar o papel que vem envolto na massa em substituição do papel vegetal), com um garfo faz-se alguns furos na mesma, coloca-se o preparado da frigideira e posteriormente o preparado do creme culinário.
Vai ao forno pré-aquecido a 180º, cerca de 30 minutos. Normalmente coloco um pouco de papel alumínio, para que a massa coza sem corar logo a parte superior.

Nota: A única gordura que utilizei foi a que o bacon libertou ao fritar.

Bolo de Aniversário

Este foi o bolo de aniversário do meu marido. Feito por mim e completamente light para quem tem diabetes.
Foi uma bela aventura, uma noite perdida e muitos elogios recebidos!
É muito complicado fazer bolos com adoçante, nem todos ficam bem e por mais vezes que se faça a mesma receita o resultado nem sempre é o mesmo. Mas a julgar pelos elogios, saiu muito bem! :)


Amanhã passo por cá para deixar a receita.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Jantar a dois

Ontem o meu querido marido fez anos e como a festa com a família é só no sábado, tinha que lhe fazer a vontade e, então no dia anterior perguntei-lhe: "O que queres jantar no teu dia de aniversário?" Resposta: "Bife de vaca com batatas fritas!".
Normalmente o nosso jantar é sopa e pouco mais, há já cerca de um ano que nos habituámos (por causa da dieta, ele já acabou mas eu ainda tenho de continuar), mas claro que excepção é excepção.
Na procura de uns belos bifes encontrámos costeleta de novilho e pronto ficou decidido!
Não houve sobremesa, mas houve uma bela entrada e um vinho delicioso. Para entrada fiz Mini-Ovos no Forno que vi no Blog Pão, Bolos e Cia, receita muito prática, rápida e deliciosa para quem gosta de ovos de qualquer forma.

Mini-Ovos no Forno


Ingredientes:
1 Ovo
5 c. chá de Natas
Pimenta
Sal



Confecção:
Pre-aquecer o forno a 180º.
Colocar no fundo as Natas, de seguida o Ovo e terminar com Sal e Pimenta.
Levar ao forno por 6/7 minutos.


Nota: Fiz algumas alterações à receita original. Na receita original era com Ovo de Codorniz, 2 c. chá de Natas e só permanecia no forno 3/4 minutos.


Costeleta de Novilho com Batata Frita na Actifry



Ingredientes:
2 Costeletas de Novilho
Alho moído
Tomilho
Pimenta
Azeite
Sal
Batatas
Óleo Becel

Confecção:
Descascam-se as Batatas, cortam-se em palitos, secam-se com papel absorvente e colocam-se na Actifry com Óleo Becel durante 30 min.
Pincela-se cada Costeleta com Azeite, tempera-se com o Alho moído, Tomilho, Pimenta e Sal e coloca-se na frigideira quando esta estiver bem quente. Retirar quando estiver do agrado (bem ou mal passado).

A acompanhar... um belo vinho.


Muito rápido e o maridinho "matou saudades".

Parabéns AMOR!